O governo publicou, em edição extra do Diário Oficial da União, as três medidas provisórias (MPs) para atender a novos pedidos dos caminhoneiros, que completaram neste domingo, 27, uma semana de greve.

Para tentar pôr fim à paralisação, o presidente Michel Temer cedeu e reduziu em R$ 0,46 o valor do diesel, com corte em tributos como a Cide e o PIS/Cofins.

O pacote de medidas também contemplou as três MPs que foram publicadas no Diário Oficial da União. A primeira delas determina que 30% dos fretes da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) sejam feitos por caminhoneiros autônomos, que serão contratados por meio de cooperativas, entidades sindicais ou associação.

A segunda MP institui a Política de Preços Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargo. Segundo o texto publicado no DOU, o governo publicará duas vezes por ano uma nova tabela de preço mínimo de frete por quilômetro de acordo com o tipo de mercadoria transportado (carga geral, a granel, frigorificada, perigosa e neogranel). A primeira tabela será publicada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) em até cinco dias e valerá até o dia 20 de janeiro de 2019.

Se o governo atrasar na publicação do reajuste do preço mínimo, a tabela anterior será corrigida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ou por outro índice de preços.

A terceira MP prevê isenção de cobrança de pedágio para eixo suspenso de caminhões vazios, em rodovias federais, estaduais e municipais, inclusive as que foram concedidas à iniciativa privada.

Mesmo se finalmente a greve chegar ao fim, a normalização de abastecimento e das atividades dos caminhoneiros deve demorar entre 8 e 10 dias.

Fonte: goo.gl/KYZXdf

Vantagens do background check no gerenciamento de riscos

| SEGURANÇA | Sem Comentários
Vantagens do background check no gerenciamento de riscos O modal rodoviário responde por mais de 60% da movimentação de cargas no Brasil. De acordo com o Registro Nacional de Transportador Rodoviário de Cargas (RNTRC), são mais de 2,2 milhões de caminhões registrados no país. O número de caminhoneiros também gira…

Gerenciamento de riscos: entenda como a prevenção de sinistros melhora a performance no transporte de cargas

| Gerenciamento de Riscos | Sem Comentários
Gerenciamento de riscos: entenda como a prevenção de sinistros melhora a performance no transporte de cargas Criar estratégias para evitar problemas na viagem, reduzir as possibilidades de roubos e acidentes, prevenir os prejuízos e melhorar a gestão e a performance operacional. Não há empresas bem-sucedidas no setor de transporte e…

Rastreamento de cargas aumenta eficiência e reduz custos no transporte rodoviário

| SEGURANÇA | Sem Comentários
Rastreamento de cargas aumenta eficiência e reduz custos no transporte rodoviário Saber lidar com os gargalos logísticos é uma condição crítica para o setor de transporte rodoviário no Brasil. Em um país em que a ousadia das quadrilhas especializadas em roubo de mercadorias parece não ter limites, o uso de…

Como aumentar a eficiência no transporte rodoviário com o software logístico SGI

| GESTÃO | Sem Comentários
Como aumentar a eficiência no transporte rodoviário com o software logístico SGI A ineficiência na cadeia logística põe em xeque as operações de transporte rodoviário no Brasil. A boa notícia é que fazer uma gestão inteligente é possível com o uso de softwares logísticos como o SGI, um sistema 100%…
  RESPEITO SE CONQUISTA COM ATITUDES
SÃO PAULO – SP
55 11  5079.2500 / 55 11  3443.2500
BELO HORIZONTE – MG
55 31  3653.6317
CURITIBA – PR
55 41  3015.7109
PORTO ALEGRE – RS
55 51  3072.1375
GOIANIA – GO
55 62 3645.3400
SALVADOR – BA
55 71  3271.4680
SANTIAGO – CHILE
56 2 3251.1125
Buonny Projetos e Serviços de Riscos Securitários Ltda ® Todos os direitos reservados | Ouvidoria: 11 5079.2621 – [email protected]
CNPJ: 06.326.025/0001-66 | IE: Isenta | Alameda dos Guatás, 191 – Jd. da Saúde – São Paulo / SP – CEP 04053-040