Entenda quais cuidados tomar no içamento de carga

Quem trabalha com objetos pesados, com certeza, já teve de lidar com o içamento de carga, não é mesmo?  Esse procedimento é utilizado tanto para o carregamento quanto para o descarregamento de carga, sendo comum em portos e, em alguns casos, aeroportos.

Nesse cenário, saber como o içamento de carga funciona é importante para a segurança dos envolvidos nos trabalhos, pois o manuseio incorreto de objetos e guindastes podem acarretar em acidentes.

Para ajudar você a entender quais cuidados tomar no içamento de carga, preparamos este conteúdo. Acompanhe!

O que é o içamento de carga?

O içamento de carga é caracterizado como uma atividade onde a carga é elevada com o peso na vertical. Com isso, fica mais fácil transportar grandes objetos, como madeira, móveis, ferros, máquinas, vidros e outros itens pesados e/ou com extenso comprimento.

No dia a dia das cidades, por exemplo, o içamento de carga é utilizado em mudanças, mas também para transportar grandes peças de equipamentos, por exemplo.

Para tanto, o procedimento é feito fazendo uso de algumas técnicas manuais e máquinas específicas e, a depender do local onde haverá a movimentação de cargas.

Além disso, o serviço de transporte de carga ainda deve cumprir todas as medidas de segurança e seguir a NR de içamento de cargas, oferecendo aos funcionários o treinamento adequado para que eles estejam aptos a exercer as atividades.

Como é feito o içamento e transporte de carga?

Basicamente, o procedimento de içamento de carga é realizado utilizando um sistema de cordas ou cabos de aço. De modo geral, a escolha do material é definida considerando o peso do objeto e a altura que este será içado.

Para garantir segurança nesse processo, são usados equipamentos de alta tecnologia para elevar os itens. No caso dos guindastes usados em navios, a carga é içada de forma a manter o equilíbrio do objeto, tanto no carregamento quanto no descarregamento da carga.

Em alguns casos, ainda podem ser utilizadas plataformas elevatórias para facilitar o trabalho. Para assegurar a integridade da carga, ainda são utilizadas técnicas de amarração e movimentação.

É importante contar com uma equipe de segurança e profissionais bem treinados para fazer a operação dos equipamentos de forma correta.

De modo geral, o serviço só é realizado quando o tempo está estável, pois a depender das condições climáticas, ventos e chuva podem causar instabilidade ao manusear a carga no ar.

Quais cuidados ter ao fazer o içamento

Para que o procedimento de içamento de carga seja feito de modo seguro e também eficiente, é preciso estar atento a algumas questões. Acompanhe!

Escolha o equipamento certo para o tipo de carga

A escolha do equipamento é primordial para o sucesso das atividades de elevação de cargas, além de garantir uma maior segurança. Para tanto, podem ser utilizados guindastes móveis ou fixos, cintas de amarração de carga, dentre outros equipamentos necessários para a movimentação e transporte da carga.

Em especial no transporte de carga, é possível contar com os guindastes de plataforma de transporte, que são móveis e têm fácil configuração e rotação, mas não funcionam bem com terrenos acidentados.

É importante que você saiba que o mercado disponibiliza uma grande variedade de tipos de guindastes, sendo que você deve pesquisar para escolher aquele que melhor atenda às necessidades da carga transportada.

Invista em uma equipe qualificada

Para que toda a operação seja realizada de acordo com as normas da segurança do trabalho, preservando a integridade física de profissionais e objetos transportados, é preciso contar com uma equipe qualificada.

Além disso, é necessário contar com um treinamento que vai desde a montagem, passando pela sinalização, aparelhamento e operação. Nesse cenário, é preciso seguir todas as regras, a fim de garantir a qualidade dos trabalhos e também a segurança da equipe.

Siga as normas regulamentadoras sobre o içamento de carga

A Norma Reguladora 11 (NR 11) rege sobre as especificações de transporte, movimentação, armazenagem e manuseio de materiais. Nela, você encontra orientações sobre conduta, treinamentos, disposição da carga e equipamentos para o transporte correto dos objetos.

Leia o manual do equipamento

Mesmo contando com uma equipe qualificada, é preciso  lembrar que existem vários guindastes disponíveis no mercado e, por essa razão, é necessário ler o manual do equipamento para se inteirar sobre detalhes, falhas e recursos.

De modo geral, o manual do operador de guindaste traz as seguintes informações:

  • Estabilizadores e contrapesos
  • Capacidades de carga
  • Controles do operador
  • Mecanismos de segurança.

Portanto, antes do operador do guindaste realizar as suas atividades, é recomendado que ele estude o manual na íntegra.

Planilha de Simulação de Rateio. Baixar agora!

Verifique diariamente o funcionamento da máquina

A verificação diária do maquinário e demais equipamentos do guindaste é fundamental para que as atividades ocorram com mais segurança. Por isso, cabos, treliças, cordas e demais estruturas devem ser checados antes de receber os objetos a serem içados.

Trace a rota mais segura para o transporte

Estudar a rota da carga e como ela será içada até o seu destino é fundamental para garantir uma maior eficiência nas atividades, além de possibilitar o planejamento dos trabalhos, o que garante um maior sucesso das atividades. Além disso, a depender do valor do objeto, é válido fazer um seguro de carga.

Evite ultrapassar os limites de carga

Todo guindaste, seja ele fixo ou móvel, possui um limite de carga a ser suportado. Logo, é importante estar atento a essa marca e respeitá-la, a fim de se evitar acidentes.

Viu como o içamento de carga exige uma série de cuidados para ser feito em segurança, garantindo a integridade de profissionais e objetos? Seguindo essas dicas, todo o processo fica muito mais fácil.

Garanta a segurança do transporte de carga com o monitoramento 24h de toda a operação. Nós da Buonny somos referência em gerenciamento de risco no transporte de cargas e trabalhamos com os softwares mais modernos do mercado. Confira aqui nossa solução de monitoramento de cargas.

Compartilhar esse artigo:
LinkedInFacebookTwitter

Entre em contato