Infraestrutura atrasada do Brasil causa em média 20 mortes por dia

O estudo de transporte rodoviário sobre acidentes rodoviários e a infraestrutura foi divulgado recentemente pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) mostram que entre 2007 e 2017 foram registrados 1,65 milhões de acidentes nas rodovias federais policiadas, resultando em uma média de 411,3 acidentes por dia.

Dados alarmante dos índices na infraestrutura das estradas

No mesmo período, 83.481 pessoas morreram nessas rodovias, o que corresponde a mais de 20 mortes por dia.

Os resultados apontam que o Brasil apresenta um atraso de 35 anos em sua infraestrutura em relação aos países desenvolvidos, onde quantidade semelhante de mortes e de acidentes rodoviários era um problema do início da década de 1980.

Acidentes com vítimas preocupam condições dos motoristas nas estradas

O estudo é baseado no registro de acidentes com vítimas ocorridos em rodovias federais de todo o país realizados Polícia Rodoviária Federal e nos resultados da Pesquisa CNT de Rodovias 2017.

O documento apresenta os principais fatores que contribuem para a ocorrência dos acidentes, faz uma relação entre eles as características da infraestrutura rodoviária existente nos locais das ocorrências e aponta a frequência e a gravidade dos acidentes segundo o tipo infraestrutura existente.

Para reduzir os índices de acidente, conte com a Buonny

Agora que você sabe mais sobre as índices preocupantes de acidentes nas estradas, conte com a tecnologia da Buonny para monitorar as atividades.

Nossas soluções trazem aos nossos clientes sistemas de monitoramento em tempo real para mais segurança e eficiência durante a operação.

Por isso, somos referência no gerenciamento de riscos no transporte de cargas, ajudando transportadores a diminuírem seus prejuízos e aumentarem sua produtividade com entregas dentro do prazo e maior satisfação do cliente. Clique aqui e converse com nossos especialistas.

Compartilhar esse artigo:
LinkedInFacebookTwitter

Entre em contato