Boas Práticas para Transportes de Carga surge em um contexto em que é importante garantir segurança e redução de custos.

O Programa de Logística Verde Brasil (PLVB) anunciou o lançamento do “Manual de Aplicação: Boas Práticas para Transportes de Carga”. A iniciativa reúne acadêmicos da UFRJ, do CEFET/RJ e 21 empresas de diversos segmentos para o aprimoramento da eficiência e a implementação de medidas socioambientais na logística

O objetivo é orientar empresas, membros do PLVB ou não, quanto à escolha, aplicação, avaliação e relato das boas práticas para o transporte de carga por meio do planejamento e execução de procedimentos estruturados. O material surge em um contexto onde é importante garantir a redução dos custos de transporte e a segurança energética por meio da redução da dependência de combustíveis fósseis, colaborando com os compromissos internacionais do país em reduzir as emissões de dióxido de carbono em 37% até 2025 e em 43% até 2030, tomando como base o ano de 2005.

A iniciativa ocorre um ano após o Programa ter lançado o “Guia de Referência em Sustentabilidade: Boas Práticas para o Transporte de Carga”, que consolida 22 boas práticas capazes de contribuir para o aprimoramento da eficiência e da sustentabilidade no que diz respeito ao transporte de cargas.

Por que aderir às práticas do manual?

As atividades logísticas são essenciais para toda a sociedade, por suprirem cargas e serviços e por ampliarem os resultados econômicos das empresas, representando de 7% a 9% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial e cerca de 12% do PIB brasileiro. Segundo a Agência Internacional de Energia (AIE), os transportes são os maiores consumidores mundiais de combustíveis derivados de petróleo, uma fonte de energia não renovável. Representavam 29% deste montante em 2013. Além disso, a categoria de transportes é uma das que mais contribui para a emissão de gases de efeito estufa (GEE), com crescimento de 2,3 vezes nos últimos 40 anos.

O aumento de concentração de GEE na atmosfera é responsável pelo aquecimento global. No Brasil os transportes respondem por 69% do consumo de petróleo e gás natural e por 13,8% das emissões de GEE. De toda energia consumida em transportes no mundo, 93% é de derivados de petróleo e no Brasil, este valor atinge 80%.

“Um dos grandes desafios das empresas para o século XXI é serem sustentáveis e, simultaneamente, eficientes na maneira como operam sua logística e demais atividades, sem que isso impacte sua economia. A criação deste manual visa assegurar a aplicação correta de práticas que persigam este objetivo”, afirma Márcio D’Agosto, Coordenador Técnico do PLVB.

Segundo Cíntia Oliveira, também Coordenadora Técnica do Programa, o emprego correto das ações contempladas neste material pode contribuir para a economia das empresas. “Em quase 80% dos casos, as boas práticas levam à redução dos custos de diversos processos e atividades, uma vez que atuam no sentido de diminuir o consumo de energia, os tempos de operação e aumentar a segurança, a confiabilidade, a flexibilidade e a capacidade das operações”, afirma.

Numa primeira edição, foram impressas 1.500 cópias que serão distribuídas aos interessados que procurarem os representantes do PLVB nas Empresas Membro ou na Coordenação Técnica do Programa. A versão eletrônica do “Manual de Aplicação: Boas Práticas para Transportes de Carga” já está disponível no link abaixo.

href="#" data-color-override="false" data-hover-color-override="false" data-hover-text-color-override="#fff">Button Text

Fonte: goo.gl/usPfkT

Buonny prepara um novo futuro para o gerenciamento de risco em transporte de cargas

| Notícias | Sem Comentários
Buonny prepara um novo futuro para o gerenciamento de risco em transporte de cargas O mundo está em constante evolução e a Buonny também não para. Líder nacional em gerenciamento de riscos, a empresa está pronta e preparada para um novo futuro, mais inovador e tecnológico, com total atenção à…

Vantagens do background check no gerenciamento de riscos

| SEGURANÇA | Sem Comentários
Vantagens do background check no gerenciamento de riscos O modal rodoviário responde por mais de 60% da movimentação de cargas no Brasil. De acordo com o Registro Nacional de Transportador Rodoviário de Cargas (RNTRC), são mais de 2,2 milhões de caminhões registrados no país. O número de caminhoneiros também gira…

Gerenciamento de riscos: entenda como a prevenção de sinistros melhora a performance no transporte de cargas

| Gerenciamento de Riscos | Sem Comentários
Gerenciamento de riscos: entenda como a prevenção de sinistros melhora a performance no transporte de cargas Criar estratégias para evitar problemas na viagem, reduzir as possibilidades de roubos e acidentes, prevenir os prejuízos e melhorar a gestão e a performance operacional. Não há empresas bem-sucedidas no setor de transporte e…

Rastreamento de cargas aumenta eficiência e reduz custos no transporte rodoviário

| SEGURANÇA | Sem Comentários
Rastreamento de cargas aumenta eficiência e reduz custos no transporte rodoviário Saber lidar com os gargalos logísticos é uma condição crítica para o setor de transporte rodoviário no Brasil. Em um país em que a ousadia das quadrilhas especializadas em roubo de mercadorias parece não ter limites, o uso de…
  RESPEITO SE CONQUISTA COM ATITUDES
SÃO PAULO – SP
55 11  5079.2500 / 55 11  3443.2500
BELO HORIZONTE – MG
55 31  3653.6317
CURITIBA – PR
55 41  3015.7109
PORTO ALEGRE – RS
55 51  3072.1375
GOIANIA – GO
55 62 3645.3400
SALVADOR – BA
55 71  3271.4680
SANTIAGO – CHILE
56 2 3251.1125
Buonny Projetos e Serviços de Riscos Securitários Ltda ® Todos os direitos reservados | Ouvidoria: 11 5079.2621 – [email protected]
CNPJ: 06.326.025/0001-66 | IE: Isenta | Alameda dos Guatás, 191 – Jd. da Saúde – São Paulo / SP – CEP 04053-040