No primeiro semestre deste ano, o setor de transporte, armazenagem e correio gerou 24,7 mil postos de trabalho com carteira assinada. O transporte terrestre respondeu pela maior parte das contratações: 23,7 mil, número sete vezes maior do que no mesmo período do ano passado, quando foram criados 3,2 mil empregos.

A maior parcela (94,9%) das novas vagas foi aberta em empresas de transporte rodoviário. Os dados estão na nova edição do Conjuntura do Transporte, divulgado pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) na última quarta-feira (26), que analisa o desempenho do setor no período de janeiro a junho de 2018.

“O aumento do trabalho formal na atividade de transporte é um indicador de que o setor acredita na manutenção do crescimento da economia do país e, consequentemente, na elevação da procura pelo serviço”, avalia a CNT.

Ainda segundo dados analisados no boletim da Confederação, o PIB (Produto Interno Bruto) do setor de transporte, armazenagem e correio teve alta de 1,9% no primeiro semestre do ano, em comparação com o mesmo período de 2017. O crescimento, entretanto, poderia ter sido maior, se não fossem os efeitos negativos causados pela greve dos caminhoneiros, ocorrida em maio deste ano.

Conforme a CNT, a paralisação não afetou somente o transporte rodoviário, mas também gerou repercussões em outros modais. Ao analisar a demanda por serviços de transporte, auxiliares do transporte e correios, o boletim aponta que o semestre fechou com alta de 0,7% de acordo com a PMS (Pesquisa Mensal de Serviços), do IBGE. Porém, em maio – mês da greve –, houve queda de 7,8%.

Além disso, o ritmo de recuperação da economia brasileira também poderia ter sido mais intenso sem os impactos da greve. O PIB do país expandiu 1,1% entre janeiro e junho.

Fonte: https://bit.ly/2NcOdeh

A importância do gerenciamento de risco para o pequeno transportador

| Gerenciamento de Riscos | Sem Comentários
A importância do gerenciamento de risco para o pequeno transportador Seja qual for o porte da empresa, fazer a gestão logística do transporte rodoviário de cargas é igualmente desafiador no Brasil. Engana-se quem pensa que o pequeno transportador não precisa investir em um bom planejamento logístico e no gerenciamento de…

Buonny prepara um novo futuro para o gerenciamento de risco em transporte de cargas

| Notícias | Sem Comentários
Buonny prepara um novo futuro para o gerenciamento de risco em transporte de cargas O mundo está em constante evolução e a Buonny também não para. Líder nacional em gerenciamento de riscos, a empresa está pronta e preparada para um novo futuro, mais inovador e tecnológico, com total atenção à…

Vantagens do background check no gerenciamento de riscos

| SEGURANÇA | Sem Comentários
Vantagens do background check no gerenciamento de riscos O modal rodoviário responde por mais de 60% da movimentação de cargas no Brasil. De acordo com o Registro Nacional de Transportador Rodoviário de Cargas (RNTRC), são mais de 2,2 milhões de caminhões registrados no país. O número de caminhoneiros também gira…

Gerenciamento de riscos: entenda como a prevenção de sinistros melhora a performance no transporte de cargas

| Gerenciamento de Riscos | Sem Comentários
Gerenciamento de riscos: entenda como a prevenção de sinistros melhora a performance no transporte de cargas Criar estratégias para evitar problemas na viagem, reduzir as possibilidades de roubos e acidentes, prevenir os prejuízos e melhorar a gestão e a performance operacional. Não há empresas bem-sucedidas no setor de transporte e…
  RESPEITO SE CONQUISTA COM ATITUDES
SÃO PAULO – SP
55 11  5079.2500 / 55 11  3443.2500
BELO HORIZONTE – MG
55 31  3653.6317
CURITIBA – PR
55 41  3015.7109
PORTO ALEGRE – RS
55 51  3072.1375
GOIANIA – GO
55 62 3645.3400
SALVADOR – BA
55 71  3271.4680
SANTIAGO – CHILE
56 2 3251.1125
Buonny Projetos e Serviços de Riscos Securitários Ltda ® Todos os direitos reservados | Ouvidoria: 11 5079.2621 – [email protected]
CNPJ: 06.326.025/0001-66 | IE: Isenta | Alameda dos Guatás, 191 – Jd. da Saúde – São Paulo / SP – CEP 04053-040