Tecnologias no transporte rodoviário de cargas: como potencializar a gestão e a segurança das operações

TECNOLOGIA 28/12/2021

Tecnologias no transporte rodoviário de cargas: como potencializar a gestão e a segurança das operações

Reduzir custos e aumentar a eficiência das operações é o mantra das empresas do setor logístico. Para elevar a produtividade, o uso de tecnologias no transporte rodoviário de cargas é o principal aliado. Só a inovação é capaz de tornar a atividade mais sustentável.

No Brasil, os problemas no transporte rodoviário são velhos conhecidos. O principal desafio está na redução dos índices de acidentes e roubo de cargas. Sem inovação e soluções especializadas é praticamente impossível fazer uma gestão madura, inteligente e assertiva.

O uso de tecnologias no transporte rodoviário de cargas melhora incomparavelmente a performance operacional, a visibilidade, a produtividade aliada aos lucros e a satisfação dos clientes. Fazer com que a movimentação de cargas no Brasil alcance outro patamar requer dedicação, profissionalismo e investimentos.

Para mostrar como a tecnologia conecta a gestão logística eficiente e a segurança das operações, conversamos com Willian Oliveira, Head of Strategy, Innovation and Business Development da Buonny Tech. Ele explica o que são a geolocalização, comunicação satelital e big data e como explorar essas ferramentas para elevar a performance nas entregas.

Continue a leitura e entenda melhor cada uma dessas tecnologias e como elas se tornaram imprescindíveis para o transporte rodoviário de cargas.

Tecnologias a serviço da logística

Os investimentos em tecnologia tornam as operações mais seguras e eficientes. Conheça algumas ferramentas cruciais para a logística e o transporte rodoviário de cargas:

  1. Big Data

É a área que estuda como tratar e obter informações a partir de conjuntos de dados volumosos demais para serem analisados pelos softwares tradicionais. É útil na coleta e armazenamento de dados para tomadas de decisão mais precisas e estratégicas.

  1. Geolocalização

É uma tecnologia de GPS (Sistema de Posicionamento Global) que identifica informações geográficas, captadas por meio de dispositivos satélites em órbita.

Para obter a localização de um objeto é necessário que o dispositivo capte o sinal de pelo menos três satélites, calculando a triangulação dos dados, o que irá gerar sua posição real.

O sistema possibilita o rastreamento e o monitoramento dos caminhões em tempo real, facilitando a tomada de decisões para prevenir riscos ou potencializar oportunidades de negócio.

  1. Comunicação satelital

A tecnologia faz a transmissão de dados de forma semelhante à comunicação GPRS – uma tecnologia de troca de dados oferecida pelas operadoras a partir do dispositivo rastreador do veículo.

Na comunicação satelital, essa troca de dados é feita entre o dispositivo e um satélite em órbita e/ou gateway.

  • Diferença entre geolocalização e comunicação satelital

A geolocalização é a posição do objeto com base na triangulação dos satélites em órbita. Já a comunicação satelital é a tecnologia que faz a troca desses dados, comunicando a localização e outras informações do veículo, como sua velocidade, por exemplo.

Potencial das tecnologias

O Brasil utiliza a geolocalização, a comunicação satelital e o big data principalmente para a prevenção de roubos e furtos, mas Willian Oliveira, Head of Strategy, Innovation and Business Development da Buonny Tech explica que as vantagens desse sistema poderiam ir muito além.

“Diferentemente de outros países, o nosso mercado ainda não explora todas as funções disponíveis que podem, por exemplo, ajudar a reduzir custos e a prevenir acidentes”, diz.

O uso de tecnologias pode melhorar a segurança dos motoristas nas estradas, já que as empresas têm como localizar cada veículo, aumentar a visibilidade das operações com o acesso a dados em tempo real e aperfeiçoar a comunicação com os clientes sobre eventuais atrasos e prazos de entrega.

Para quem tem dúvida na hora de investir em inovação e tecnologia, um aviso: equipamentos de rastreamento, telemetria e prevenção de riscos de última geração podem ser usados por quaisquer transportadoras que buscam eficiência, gestão assertiva e segurança, independentemente do porte, do tipo de carga e dos valores transportados.

A tecnologia é para todos!

Leia também: Como a inteligência artificial e as tecnologias de automação beneficiam o setor logístico.

Soluções Buonny Tech, um diferencial no transporte rodoviário de cargas

A Buonny Tech explora todas essas tecnologias nos serviços e soluções oferecidos. A geolocalização e a comunicação satelital estão presentes nos rastreadores, na telemetria e no BSafe (nova solução que aumenta a segurança da frota, evitando acidentes e reduzindo prejuízos).

Para potenciar os resultados, o rastreador conta com tecnologia híbrida: comunicação GPRS e satelital. Na telemetria e no BSafe, assim como no rastreador, a geolocalização e a comunicação satelital são usadas para fornecer aos clientes dados em tempo real e informações precisas sobre a frota.

  • Telemetria

A coleta automatizada de dados e a comunicação remota em tempo real são aliadas para reduzir custos e prevenir acidentes. Os sistemas de telemetria da Buonny Tech fazem análises inteligentes que permitem ganhos concretos em produtividade.

Com o monitoramento constante de torque e das RPM do motor, é possível otimizar o consumo de combustível, além de monitorar continuamente o desempenho do motor, sinalizando variações nos padrões estipulados.

A produtividade também é incrementada e, com a telemetria, é possível reduzir a ociosidade da frota. Já o uso de sensores detecta a aceleração lateral do veículo e faz o mapeamento das áreas com maior risco de tombamento, emitindo alertas ao motorista.

Um sistema de diagnóstico remoto analisa os parâmetros do veículo em tempo real e permite a tomada de ações preventivas de maneira rápida, evitando falhas e prejuízos.

  • Sensor de fadiga e MDVR (Monitor Driver Video Recorder)

O rastreamento das viagens com as soluções Buonny Tech ajuda a identificar riscos durante a viagem, detectando reações do motorista e diferenciando o sono real do falso, mesmo que ele esteja de óculos escuros.

Quando integrado ao software de gerenciamento de frota, o sensor de fadiga melhora a gestão de segurança. Além disso, as viagens podem ser gravadas por câmeras instaladas no veículo, armazenando áudios e imagens. O acesso às informações é imprescindível para a apuração de fatos causadores de sinistros.

  • Rastreamento das viagens

As tecnologias avançadas de rastreamento da Buonny Tech incrementam a segurança das viagens. O sistema pode determinar, por exemplo, as regras de abertura do baú após o comando da central ou fazer com que o veículo só consiga transitar em determinadas áreas.

Ao atingir uma velocidade acima do permitido, um alerta sonoro é disparado. Isso porque as funções programáveis criam no veículo reações automáticas para cada tipo de situação.

Leia aqui: Rastreamento de cargas aumenta a eficiência e reduz custos no transporte rodoviário.

Não pense duas vezes: a sobrevivência do seu negócio depende de tecnologia

Não há dúvidas de que investir nessas tecnologias é fundamental. A inovação não é mais um diferencial, é uma questão de sobrevivência no mercado.

“O rastreador é importante por causa do índice de roubos e furtos registrados no Brasil, sendo inclusive uma exigência das seguradoras. Mas se você quer ir além e se destacar da concorrência, a telemetria e o BSafe se configuram como grandes diferenciais, pois vão além do gerenciamento de riscos”, avisa Willian Oliveira, Head of Strategy, Innovation and Business Development da Buonny Tech.

Quer fazer a gestão da frota de forma mais inteligente, prevenir acidentes, reduzir custos e tomar decisões com agilidade e precisão?

Conheça melhor as soluções acessíveis e flexíveis da Buonny Tech, que atendem operações com um único veículo ou clientes com grandes frotas, seja qual for o perfil da empresa. Fale com um dos especialistas.

Compartilhar esse artigo:
LinkedInFacebookTwitter

Entre em contato