Pontos de manifestação dos motoristas de caminhão

A manifestação dos caminhoneiros completou dez dias nesta quarta-feira (30), com protestos nas rodovias em diversos estados, mas o movimento grevista dá sinais de desmobilização e alguns postos voltam a receber combustível.

Com adesão em massa dos caminhoneiros em praticamente todos os estados e no Distrito Federal, postos ficaram sem nada para vender nas principais cidades do Brasil, hortifrutigranjeiros não foram encontrados nos Ceasas e mercados ficaram desabastecidos.

A falta de combustíveis e de insumos afetou aeroportos, indústrias, hospitais, cancelou aulas e fez cidades decretarem estado de emergência.

Manifestação ainda afeta o reabastecimento total

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o reabastecimento total dos postos no Brasil deve demorar ao menos uma semana para voltar ao normal.

Pontos de paralisações ao vivo

Sendo assim, a operação da maior gerenciadora de riscos do mercado, a Buonny, está atualizando constantemente o mapa com os pontos principais de paralisação dos motoristas, a cada hora.

Confira as estradas bloqueadas e organize a sua operação sem surpresas.

Requisitos e promessas para concluir a manifestação

Parte das promessas depende de articulação política e novas fontes de receita, com medidas provisórias para implementar as promessas feitas aos caminhoneiros.

Elas precisarão ser votadas pelo Congresso para não perder a validade. No caso da redução do diesel, o governo quer auxiliar que os Procons fiscalizem a redução dos preços nas bombas, já que o mercado não é tabelado.

Os grevistas devem manter o movimento, porém, ao menos, liberar cargas prioritárias, entre elas combustíveis, merenda escolar, alimentos para hospitais, leite e caminhão com identificador da Defesa Civil.

Fique por dentro da logística com a Buonny

Para seguir acompanhando as atualizações da logística, conte com a Buonny. Somos referência no gerenciamento de riscos no transporte de cargas, ajudando transportadores a diminuírem seus prejuízos e aumentarem sua produtividade com entregas dentro do prazo e maior satisfação do cliente. Clique aqui e converse com nossos especialistas.

Compartilhar esse artigo:
LinkedInFacebookTwitter

Entre em contato