Cross docking: saiba o que é e as vantagens desse sistema

LOGÍSTICA 02/06/2022

Se você trabalha no mercado de logística, mais especificamente na distribuição de mercadorias, talvez já tenha ouvido falar em cross docking. Isto porque esse é um sistema que ganhou maior visibilidade no setor após o boom dos e-commerces.

Em 2021, o crescimento do faturamento dos e-commerces bateu 26,9% comparado ao ano de 2020, e prevê ainda um aumento de 9% para 2022.

Ou seja, realizar a entrega de pedidos com agilidade e segurança é um diferencial que conta bastante na hora do cliente escolher pela sua empresa. Por isso o cross docking vem sendo adotado cada vez mais por empresas que possuem distribuição de mercadorias.

Para que você consiga entender o que é o cross docking, quais as suas vantagens e como funciona, confira a seguir o conteúdo e os principais pontos que separamos sobre o assunto. Boa leitura!

Saiba o que é o cross docking 

O cross docking, ou cruzamento de docas, em português, é um sistema de distribuição de mercadorias que tem o objetivo de otimizar e agilizar as entregas. Dessa maneira, a preparação de pedidos é realizada de tal forma que os produtos não precisem passar por um período de armazenamento prévio.

Ou seja, quando o consumidor adquire determinado produto em seu site de preferência, o pedido é encaminhado a um armazém ou centro de distribuição, que o envia para o cliente de forma imediata, sem estocar.

Entre suas vantagens podemos citar a rapidez na entrega e a economia em espaço físico, uma vez que não será necessário um local amplo para guardar a mercadoria.

No entanto, é fundamental que haja um planejamento logístico estratégico para assegurar a pontualidade e a não violação do que será entregue para o cliente final.

Como funcionam as operações no cross docking 

As operações no cross docking funcionam da seguinte forma: o consumidor faz o pedido e a empresa entra em contato com o fornecedor para fazer a solicitação do produto.

Feito isso, o fornecedor separa o produto e o encaminha para o centro de distribuição mais próximo, no qual é imediatamente separado e direcionado ao consumidor final o mais rápido possível.

Portanto, a empresa vendedora não tem necessidade de estocar sua mercadoria, uma vez que o cross docking na logística reduz ou elimina os gastos com estocagem.

Como funciona o sistema de cross docking
A imagem acima mostra como funciona o processo do cross docking.

Conheça os tipos desse sistema

Os processos logísticos demandam diferentes estratégias para que se mostrem eficientes de acordo com a necessidade de quem solicita e as possibilidades de quem oferece o serviço.

Por isso, existem três tipos de cross docking. A seguir, vamos conhecer quais são eles e o que diferem entre si:

Cross docking pré-distribuído 

O modelo mais básico de cross docking é o pré-distribuído. Ele consiste em receber e expedir a mercadoria com pouca demanda de intervenção dos colaboradores dos centros de distribuição. 

Isso se explica pelo fato de que, nesse caso, o fornecedor já encaminha às unidades de carga organizadas e preparadas considerando a entrega final.

Cross docking consolidado

Já no sistema de cross docking consolidado, a carga deve ser manuseada e adaptada às demandas do consumidor final. 

Ou seja, a mercadoria recebida é encaminhada para a área de acondicionamento, a fim de ser avaliada e adequada às solicitações do cliente.

Cross docking híbrido 

Já o modelo híbrido é o tipo mais flexível de cross docking. Nele, as mercadorias que precisam ser organizadas na área de acondicionamento são provenientes dos caminhões e de produtos já armazenados na instalação.

Neste caso, é necessária muita atenção e planejamento para potencializar a gestão e a segurança das operações, garantindo o despacho correto da carga.

Entenda quais os benefícios do cross docking para a empresa 

O cross docking é uma estratégia de logística que visa otimizar tempo e recursos das empresas que precisam distribuir seus produtos.

Por isso, vamos citar abaixo os principais benefícios desse tipo de operação:

Redução de custos 

O primeiro ponto positivo, sem dúvidas, é a redução de custos. 

Afinal, a empresa vendedora não precisará de um estoque para guardar seus produtos e poderá investir seu capital de forma mais estratégica para o crescimento do negócio.

Além disso, a organização também economiza na aquisição da mercadoria, uma vez que ela só é solicitada após a confirmação da compra do cliente, ou seja, não haverá o risco de sobrar ou faltar produtos.

Menor capital de giro 

Outro ponto positivo é a redução do capital de giro, uma vez que a companhia não terá despesas com estoque e não precisará se preocupar com produtos que demoram a ser vendidos.

Dessa maneira, as chances de que ela se mantenha estável no mercado e lide melhor com as crises econômicas do país são maiores.

Agilidade 

A agilidade na entrega é o objetivo principal do cross docking. Portanto, como a mercadoria não fica parada, rapidamente é direcionada ao consumidor, garantindo o tempo de entrega.

Assim, os clientes ficam satisfeitos e as chances de que eles façam novas aquisições aumentam.

Segurança com a carga 

Como a carga não fica parada em estoque sua segurança aumenta. Afinal, os riscos de haver perda, roubo ou dano serão consideravelmente reduzidos. 

Dessa forma, o cliente recebe um produto de qualidade e sem violação, aumentando a credibilidade da empresa.

Disponibilidade de mercadorias 

Quando se tem um estoque é necessário conferir a disponibilidade do produto antes de confirmar a venda para o cliente.

Contudo, no cross docking não há essa demanda. Afinal, a mercadoria é solicitada após o pedido do consumidor, garantindo o retorno do investimento e a disponibilidade do que foi adquirido.

Melhor gerenciamento das mercadorias

Um erro muito comum dos gestores de estoque é a aquisição incorreta da quantidade de mercadoria necessária, o que pode ocorrer de faltar ou sobrar produtos, resultando em prejuízo para a corporação.

Com o cross docking há o melhor gerenciamento das mercadorias, pois elas só são solicitadas após o pedido do consumidor.

Por isso, esse sistema tem sido bastante utilizado por empresas de distribuição de mercadorias, afinal, com ele os produtos podem ser entregues de forma ágil, organizada e segura.

Saiba mais como você pode fazer o transporte da sua mercadoria de forma mais segura e eficiente, garantindo a entrega final da mercadoria. Clique aqui e conheça o Buonny Sat.

Compartilhar esse artigo:
LinkedInFacebookTwitter

Entre em contato