Centro de distribuição: como diminuir o tempo de retenção da frota

GESTÃO LOGÍSTICA 08/06/2018

O centro de distribuição não tem a função apenas de armazenamento, mas envolve todo um processo logístico com etapas que exigem uma boa gestão.

Isso porque todos os passos do processo de um centro logístico envolve tanto o recebimento de mercadorias, o tempo de parada do veículo da frota e o prazo de entrega ao cliente final. Tudo isso, afeta a performance da sua operação e a reputação da sua empresa.

Portanto, para você entender bem como funciona o CD, sua logística e como você pode reduzir o tempo de retenção da frota no centro de distribuição, confira o conteúdo a seguir. Separamos pontos importantes para todo gestor de operações. Confira!

O que é um centro de distribuição

O CD, como é conhecido pelas transportadoras, é um local onde são recebidas mercadorias, armazenadas e organizadas para a distribuição e entrega ao cliente final.

Todo esse processo envolve várias etapas, portanto, o centro de distribuição é um local de movimentação contínua, desde o processo de recebimento direto da fábrica até a distribuição de mercadorias para o cliente final através dos veículos da frota.

Normalmente, o centro de distribuição é visto como um lugar estratégico para as empresas conseguirem dar mais agilidade na gestão de entregas na região onde está localizado o CD. Dessa forma, os produtos vão saindo conforme as demandas.

Isso faz com que a empresa e transportadora reduza custos e otimize o tempo da operação, ganhando pontos com os clientes e garantindo uma posição de destaque no mercado.

Como funciona a logística do centro de distribuição

Além do recebimento e armazenamento das mercadorias, a central de distribuição também tem outras funções dentro da logística da empresa.

Confira a seguir como funcionam as etapas desde a chegada do produto ou matéria prima da fábrica, até a expedição pelos veículos da frota:

Recebimento de mercadorias

É nessa etapa que o CD recebe os produtos que serão armazenados no galpão.

Dessa forma, é preciso que a equipe organize as docas de descarga de produtos, faça a movimentação dos veículos para o galpão de forma segura sem danos para a carga e verifique a documentação desses produtos para conseguir armazenar no local correto e localizar quando necessário.

Movimentação

Durante a movimentação, é quando a equipe transporta a carga dentro do galpão para armazenar no local correto.

Aqui é preciso muito cuidado, pois normalmente o centro logístico de transportadora costuma ser grande e com vários equipamentos rodando ao mesmo tempo dentro do espaço.

Portanto, para não danificar o produto e dar agilidade ao processo, a atenção na movimentação é essencial.

Especialmente quando a mercadoria é levada diretamente da descarga para a expedição, que é o que acontece no cross docking.

Neste caso, o produto cruza as docas desde a descarga direto da fábrica até o veículo da frota que ficará responsável pela entrega ao cliente final, não sendo armazenada no galpão do centro de distribuição.

Armazenamento

Aqui é o processo de armazenamento da mercadoria no galpão enquanto não sai para expedição. Nesta etapa, é preciso entender bem o fluxo de demanda dos clientes da região, pois o objetivo do CD é dar agilidade às entregas e não deixar as mercadorias armazenadas.

Assim como dito no tópico anterior, o cross docking representa esse processo, onde a mercadoria chega no centro logístico, não fica armazenada e já é enviada diretamente para o cliente final.

Separação

Aqui as mercadorias são checadas com cuidados, principalmente com relação a sua documentação e aos prazos de entrega. Assim como em qual doca será enviada para o veículo da frota, evitando falhas e garantindo a organização e agilidade da operação.

Expedição

Essa pode ser uma etapa interna ou terceirizada. Em ambos os casos, o gestor precisa de uma boa organização de docas para enviar no veículo correto as mercadorias para os clientes. Assim como garantir a segurança da carga no processo de embalagem e transporte, sem danificação da mesma.

Planilha de Ponto de Equilíbrio Financeiro

5 maneiras de diminuir o tempo de retenção da frota no centro de distribuição

Agora que você já sabe como funciona o centro logístico, é importante entender que quanto mais agilidade você dá a operação, mais retorno positivo você tem dos clientes e do mercado.

Portanto, confira a seguir algumas dicas do que fazer para diminuir o tempo de retenção da frota no centro de distribuição.

Estipule metas de tempo máximo

Antes do início de qualquer operação é indicado que sejam verificadas todas as variáveis do processo, para estipular uma média de tolerância com o tempo máximo de retenção em que não irá interferir no resultado final das entregas.

Sistemas inteligentes de gestão logística oferecem ferramentas para inclusão e definição de metas de tempo máximo de retenção de veículos por você.

Além disso, também exportam relatórios automáticos das suas rotas detalhadas com o tempo que você perde com as paradas ao longo das entregas.

Faça o planejamento das rotas

Com o planejamento de rotas é possível uma maior organização do calendário de entregas, e a visualização dos locais e horários mais adequados para a descarga do caminhão. Dessa forma, a empresa consegue analisar melhor todas as alternativas para o processo de distribuição.

Diversos estabelecimentos oferecem docas ou terminais adaptados, feitos para que o veículo estacione em uma vaga com acesso facilitado para a transição das embalagens até o interior do depósito e assim, diminuindo seu tempo de retenção em cada parada.

Tenha em mente no seu planejamento quais pontos de parada possuem ou não a infraestrutura adequada que oferece maior agilidade.

Analise os centros de distribuição mais críticos

É necessário analisar com antecedência e roteirizar toda a movimentação em um CD para que estejam disponíveis a quantidade correta de mercadorias, no momento e no lugar certos.

Também optar por estratégias que priorizem o que for crucial, caso o prazo de retenção máximo seja extrapolado, para não perder mais tempo com entregas e coletas que podem ser prorrogadas.

Também é interessante adotar o uso de softwares para esse fim, para que a conferência da qualidade e quantidade da carga, bem como a emissão de nota fiscal se torne uma tarefa mais rápida e simples.

Oriente seus profissionais

A redução de acidentes é um benefício óbvio da realização de treinamento dos seus profissionais, entretanto, muitos se esquecem de outras vantagens, como evitar problemas em sua rotina e otimizar o tempo da operação.

Os responsáveis pela carga e descarga precisam ser capacitados para lidar com os produtos para que não haja aborrecimento durante o processo e garantir agilidade.

As técnicas aprendidas são desde a análise do local de movimentação, tipo da carga, riscos ergonômicos e o uso de equipamentos auxiliares. Um simples treinamento aumenta ainda mais a produtividade em relação ao carregamento e descarregamento de cargas.

Monitore a frota em tempo real

É a maneira que garante um maior controle durante o processo, e ao contrário do que muitos pensam não é necessário um grande investimento financeiro.

Hoje em dia, há sistemas que monitoram todo o percurso do veículo, com geolocalização (GPS), e são acessíveis de qualquer plataforma operacional, totalmente integráveis com o seu ERP e TMS ou através da NF-e.

Já é possível também, fazer o acompanhamento em tempo real do status das entregas e da localização do veículo pelo app do próprio motorista.

Com o rastreamento em tempo real você recebe relatórios com o tempo médio de retenção divididos por:

  • Locais de embarque e desembarque (CDs, lojas, clientes etc.);
  • Região;
  • Transportador;
  • Tipo de veículo.

Controle e otimização das atividades nos CDs com a Buonny

Agora que você sabe mais sobre as otimizações nos centros de distribuição, conte com a tecnologia da Buonny para monitorar as atividades.

Nossas soluções trazem aos nossos clientes sistemas de monitoramento em tempo real para mais segurança e eficiência durante a operação.

Por isso, somos referência no gerenciamento de riscos no transporte de cargas, ajudando transportadores a diminuírem seus prejuízos e aumentarem sua produtividade com entregas dentro do prazo e maior satisfação do cliente. Clique aqui e converse com nossos especialistas.

Compartilhar esse artigo:
LinkedInFacebookTwitter

Entre em contato