Manutenção preventiva: como reduzir gastos

A redução das despesas é um dos principais desafios no transporte de cargas. Assim, pensar na manutenção preventiva é essencial para garantir a eficiência operacional e reduzir custos de forma substancial.

Na gestão de frotas, estratégias de prevenção evitam paradas e avarias, além de aumentar a vida útil dos veículos. Mas, quais ações tomar e quais os reais benefícios para a empresa?

Ao longo deste conteúdo, trazemos para você a importância da manutenção preventiva na frota e como as ações podem ajudar a diminuir despesas. Acompanhe!

O que é a manutenção preventiva e seu objetivo

A manutenção preventiva é um conjunto de ações planejadas para evitar problemas nos veículos da frota antes que ocorram. Logo, diferente da manutenção corretiva, esse tipo de manutenção envolve:

  • Inspeções regulares;
  • Limpezas;
  • Ajustes e substituição de peças desgastadas.

Todas as ações acontecem de acordo com um calendário planejado ou indicadores específicos de desempenho.
O principal objetivo da manutenção preventiva é:

  • Maximizar a confiança operacional;
  • Prolongar a vida útil dos veículos;
  • Reduzir o risco de paradas não planejadas, garantindo a continuidade e eficiência das operações de uma organização.

Qual a importância da manutenção preventiva para a otimização de custos na frota

A manutenção preventiva desempenha um papel crucial na otimização de custos dentro de uma frota.

Isso porque as inspeções e serviços programados permitem identificar e corrigir problemas antes que se tornem mais complexos e custosos.

Ao reduzir a ocorrência de falhas inesperadas e garantir o funcionamento adequado dos veículos, a manutenção preventiva ajuda a:

  • Minimizar custos relacionados a reparos de emergência;
  • Diminuir o tempo de inatividade dos veículos;
  • Otimizar o consumo de combustível;
  • Prolongar a vida útil dos mesmos.

Essa prática melhora a segurança e eficiência, gerando economia a longo prazo na manutenção e desempenho da frota.

Como funciona a manutenção preventiva na prática

Na prática, diversos elementos devem ser considerados ao planejar a manutenção preventiva da frota. Assim, a Curva de Tempo Médio para Falha (CTMF), conhecida como curva da banheira, é o fator central nesse processo.

Tal abordagem define os intervalos nos quais os veículos devem passar por inspeções, levando em consideração sua utilização ao longo do tempo.

Na prática, quando uma empresa depende de equipamentos em condições críticas, qualquer parada não planejada dos veículos pode impactar a operação.

Para evitar essas falhas, é recomendável basear a manutenção nos intervalos determinados pela CTMF.
Outro critério frequente é o uso. Após certo tempo de uso, é acionado o alerta para manutenção, indicando ao gestor logístico a necessidade de revisar os veículos.

Para ilustrar melhor esse segundo aspecto, pode-se fazer uma analogia com a manutenção de um carro de passeio.
Depois de andar um pouco ou passar um tempo, é bom revisar o carro e trocar o óleo ou outras peças se necessário.

O que deve ser checado durante a manutenção da frota

Durante a manutenção da frota, é essencial verificar uma série de componentes e sistemas para garantir o desempenho seguro e eficiente dos veículos. Isso pode incluir:

A verificação e troca de óleo;

  • Fluidos e filtros;
  • A inspeção dos sistemas de freio;
  • Suspensão e direção
  • O controle e substituição de pneus desgastados;
  • A revisão de sistemas elétricos, como bateria e luzes;
  • A avaliação de componentes do motor, como correias e velas de ignição.

Além disso, é importante checar os sistemas de transmissão, ar condicionado, sistema de exaustão e qualquer equipamento adicional específico da frota.

Manter registros detalhados de todas as inspeções e intervenções é fundamental para um planejamento adequado e eficaz da manutenção preventiva.

Principais benefícios de investir na manutenção preventiva

Investir em tecnologia, como a telemetria, traz benefícios para a gestão de frota. E investir na manutenção também traz vantagens significativas. Acompanhe algumas delas!

Prolongamento da vida útil de equipamentos e sistemas

Investir em manutenção preventiva ajuda a estender a vida útil dos equipamentos, maximizando o retorno sobre o investimento e evitando substituições prematuras.

Redução de custos de reparo e substituição

Ao antecipar problemas potenciais e realizar intervenções oportunas, a manutenção preventiva diminui os custos associados a reparos de emergência e substituições dispendiosas.

Prevenção de falhas e paradas não programadas

Inspeções e serviços regulares evitam falhas e reduzem o tempo de inatividade dos equipamentos, mantendo a produtividade operacional.

Aumento da segurança operacional

A manutenção preventiva de veículos garante a segurança no trabalho e no trânsito, evitando acidentes e protegendo os funcionários.

Planilha de Acerto de Motorista. Baixar agora!

Melhores práticas para monitorar e avaliar a eficácia da manutenção preventiva

Um programa de manutenção preventiva é importante para manter a frota funcionando bem, economizando dinheiro e prolongando a vida útil dos equipamentos.

Porém, avaliar a eficiência do programa é importante para garantir que as práticas sejam benéficas e alinhadas com os objetivos.

Ao seguir, listamos as melhores práticas para monitorar e avaliar a eficácia da manutenção preventiva:

Registro de dados de manutenção e histórico de equipamentos

Assim como na terceirização de transporte, registrar todas as atividades de manutenção ajuda a acompanhar o desempenho dos equipamentos e identificar problemas frequentes.

Análise de tendências e indicadores de desempenho

Analisar frequentemente indicadores de desempenho, como tempo entre falhas e custos de manutenção, ajuda a identificar áreas que precisam melhorar. Isso também otimiza o planejamento da manutenção preventiva.

Feedback da equipe de manutenção e dos usuários dos equipamentos

Receber opiniões da equipe de manutenção e dos usuários dos equipamentos é útil para entender o funcionamento e melhorar o programa de manutenção.

Atualização e adaptação contínua do programa de manutenção preventiva

Atualizar e adaptar o programa de manutenção preventiva da frota garante eficiência e alinhamento com os objetivos operacionais. Isso é importante para garantir que a manutenção seja eficiente e esteja de acordo com os objetivos operacionais.

Uso de um sistema de gestão de frota eficiente

A implementação de um sistema de gestão de transporte eficiente permite o monitoramento contínuo do desempenho dos veículos e equipamentos. Isso facilita a avaliação da manutenção preventiva e auxilia na tomada das melhores decisões.

Agora que você entende a importância desse tipo de manutenção e como ela ajuda a economizar na logística, comece seu plano de manutenção agora.

Para isso, conte com uma equipe especializada para gerir os riscos de transporte, adotando as melhores soluções para minimizar erros e diminuir os custos da operação. Conte com as soluções da Buonny.

Somos uma gerenciadora de riscos com expertise em transporte de cargas, com soluções aliadas à mais alta tecnologia. Oferecemos aos nossos clientes mais eficiência para melhorar a qualidade do serviço, minimizando erros e custos. Clique aqui e conheça melhor nossas soluções.

Compartilhar esse artigo:
LinkedInFacebookTwitter

Entre em contato