Picking: como aumentar a eficiência dos processos logísticos na transportadora

GESTÃO LOGÍSTICA 23/02/2023

Para garantir entregas mais ágeis, seguras e sem erros, o picking, também conhecido como “order picking’”, é um importante processo para e-commerces e outros negócios que trabalham com armazenagem de mercadorias para despacho.

Esse processo consta da preparação e separação de um grupo de cargas não unitárias, e essas podem ser de categorias e quantidades distintas, que compõem o pedido de um cliente.

Saber como o picking funciona, os tipos e como os processos podem ser otimizados é fundamental para o sucesso da operação logística da sua transportadora.

Neste conteúdo, você vai saber mais sobre o que é picking e como o transporte de cargas pode estar inserido nesta operação. Acompanhe!

O que é picking?

Na logística, o picking consta da coleta e reunião de cargas não unitárias para a separação do pedido de um cliente.

Esse processo pode ser feito em quase todos os tipos de armazéns, e acontece quando é realizada a separação das mercadorias para a efetivação do transporte.

Os gestores que adotam o picking precisam ter em mente que esse serviço tem um custo adicional — a depender do tipo de estoque — de cerca de 30% a 40% devido à contratação de operadores para o armazém.

Como funciona o picking?

O picking funciona com a manipulação de cargas unitárias e está relacionado com o processo de envio de pedidos preparados, além do ciclo de reposição de estoque.

Esse processo pode ser feito de forma automatizada, com o uso de sistemas com preparação mecanizada, e também por processos manuais, com o operador percorrendo a instalação dos estoques e armazéns para fazer a separação dos pedidos.

A escolha do picking é realizada a partir de alguns fatores, como o volume de mercadorias que podem ser separadas por coleta, e os períodos mais adequados para isso, além do número de operadores autorizados para manipular um único pedido.

Quais as principais diferenças entre picking e packing?

Basicamente, o processo de picking compreende a separação das mercadorias no estoque, enquanto o packing é o processo de embalagem da mercadoria para envio.

Assim, fica fácil entender que o packing é um processo que confere continuidade ao processo de picking, com o ato de embalar os produtos que foram separados de forma prévia.

O packing ainda envolve tarefas como:

  • a escolha do tipo de embalagem mais adequada para o volume;
  • estudo das particularidades das mercadorias;
  • empacotamento;
  • controle de qualidade;
  • etiquetagem do pedido, visando a efetividade do envio.

O packing também visa proteger o produto, evitando avarias que possam acarretar solicitações de troca.

Tipos de picking na logística

Os tipos de picking na logística estão divididos em 4 grandes grupos, sendo que é possível observar a fusão de características de uma ou mais dessas estratégias nas operações logísticas de separação e envio de itens.

Para escolher o tipo de picking a ser utilizado, é necessário considerar alguns fatores, como:

  • a quantidade de produtos coletados por pedido;
  • a quantidade de operadores por pedido;
  • o período de agendamento dos produtos.

Acompanhe, a seguir, os 4 tipos de operações com o picking!

Preparação por zona

No picking por zona, o armazém é separado por áreas onde ficam categorizadas as mercadorias e cada uma dessas zonas fica sob a responsabilidade de um operador.

Ao fazer a separação para envio de um pedido de vários itens em diferentes zonas, cada operador fica responsável por coletar somente os produtos que estão na sua zona, transferindo-os a uma área comum.

Com isso, é possível reduzir o tempo de deslocamento dos operadores. Contudo, a logística desse processo enfrenta um desafio na divisão dos equipamentos de apoio, que pode impactar negativamente na produtividade de uma zona.

Preparação ou Picking discreto

No picking discreto somente um operador fica responsável por toda a operação. Com isso, é possível mitigar erros, já que existe somente um documento para cada produto.

Contudo, apesar de apresentar uma maior qualidade nos processos, esse tipo de picking é a que apresenta menor produtividade, pois eleva o tempo de deslocamento do operador.

Preparação por lote

O picking por lote é a modalidade mais produtiva, visto que ela é capaz de atender uma maior quantidade de pedidos. Funciona assim: os pedidos são acumulados e, a cada deslocamento do operador, são recolhidos os produtos em quantidade suficiente para fazer o atendimento de todas as solicitações atuais.

A capacidade física do operador deve ser observada e respeitada. Além disso, o índice de erro no picking por lote tende a ser maior.

Preparação por onda

O picking por onda é bem parecido com o picking discreto, sendo que a diferenciação fica por conta do número de agendamentos de pedidos por turno, que é maior no picking por onda.

As mercadorias são separadas em períodos de tempo ao longo do dia, o que confere benefícios como a concordância do picking com a retirada de itens e a sua possibilidade de integrar a outros métodos da lista.

Com o objetivo de evitar a sobrecarga dos operadores, é fundamental contar com equipamentos de suporte no picking por onda.

Planilha de Acerto de Motorista. Baixar agora!

Como dar mais eficiência à operação logística no transporte de cargas?

Quando o assunto é tornar a operação logística no transporte mais eficiente, é necessário pensar no planejamento, pois esse é o ponto de partida para gerenciar a operação logística, garantindo que o produto siga de forma segura até o seu destino final.

Assim, é preciso estar atento a todos os procedimentos relacionados aos processos de transporte de carga, e isso passa, necessariamente, pela automatização dos processos com a ajuda da transformação digital.

Nesse cenário, contar com sistemas integrados é fundamental para aumentar a eficiência na movimentação das cargas, garantindo um alto grau de visibilidade da operação logística. Para isso, é possível contar com uma empresa especialista em gerenciamento de risco.

A Buonny é líder em gerenciamento de riscos e possui soluções aliadas com a alta tecnologia no monitoramento e rastreamento de cargas, acompanhamento em tempo real da viagem e do motorista, Cadastro de motoristas, integração com diversos sistemas de gestão e dashboards gerenciais.

Tudo isso para garantir a segurança e eficiência da sua operação.

Conte com a Buonny para trazer mais produtividade e resultados para a sua transportadora. Clique aqui e converse com nossos especialistas.

Compartilhar esse artigo:
LinkedInFacebookTwitter

Entre em contato